Acontece aQI

Soft Skill – Inteligência Emocional

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Profissionais trabalham inteligência emocional se apoiando e batendo as palmas em conjunto.

Neste artigo da série Soft Skill vamos abordar do que se trata, sua importância e como melhorar sua inteligência emocional para o mercado de trabalho e para a vida pessoal. Esta é mais uma das várias habilidades comportamentais e socioemocionais que têm sido cada vez mais requisitadas no mercado de trabalho, em especial de gestores, mas que contam a favor de qualquer profissional independente da sua posição.

Preparado para desbravar nosso conteúdo? Então nos acompanhe até o final.

O que é Inteligência Emocional (IE)

Inteligência Emocional é a capacidade de identificar, compreender e gerenciar as próprias emoções e as emoções dos outros. Ela é importante no mercado de trabalho, pois ajuda os profissionais a serem mais bem-sucedidos em suas carreiras e a se relacionarem melhor com seus colegas. Em outras palavras, ela é a chave para entender e gerenciar suas próprias emoções e as emoções dos outros, o que pode ser essencial para um ambiente de trabalho saudável e produtivo. 

Profissionais que possuem altos níveis de Inteligência Emocional e tendem a compreender e a controlar suas próprias emoções. Isso os ajuda na tomada de decisões, além de uma comunicação mais clara e eficaz. Além disso, são muito bons em resoluções de conflito, agindo de maneira mais eficiente. Isso ocorre devido ao alto nível de empatia que esses profissionais possuem ao se colocar no lugar do outro, e assim não só entender o que se passa, como também o que fazer em relação a isso.

Um estudo da revista “Journal of Vocational Behavior”, que foi publicado em 2017, examinou a relação entre inteligência emocional e a resiliência no mercado de trabalho e concluiu que as pessoas com altos níveis de inteligência emocional tendem a ser mais resilientes em situações estressantes no trabalho.

A importância

Como mencionamos anteriormente, a Inteligência Emocional é importante devido a compreensão e controle das emoções para uma efetiva tomada de decisões, mas, não é restrito apenas a isso. Uma das razões para essa soft skill ser considerada tão importante é no nível de engajamento que seus portadores podem atingir com relação a suas equipes, ou, com seus colegas de trabalho.

Profissionais com essa característica conseguem engajar os colegas, resolver conflitos e entender seus pontos de vista de modo a buscar soluções para os problemas. Além disso, podem trabalhar questões que fortaleçam o senso de consciência dos colaboradores quanto às necessidades e os sentimentos de outros.

Em empresas onde os profissionais lidem com muita pressão e estresse, são os funcionários com Inteligência Emocional que melhor se adaptam diante das adversidades e de maneira saudável. Isso permite que fracassos tenham menos impacto do que deveriam, e assim retomar os trabalhos para que possam se recuperar e seguir adiante com suas atividades.

Um profissional diante do fracasso pode buscar identificar as emoções sentidas pelos seus colegas – como frustração, raiva e tristeza – e compreender os motivos que levaram até elas. Em cima dessa compreensão que ele pode trabalhar para resoluções saudáveis, seja com conversas francas em torno dos problemas, de maneira que ele esteja presente e ouvindo atentamente, e assim encontrarem soluções mutuamente. É possível aprender com os erros e buscar mudar a situação, ou, encontrar maneiras de motivar todos a mudar aquele momento vivido. Seja como for, tudo isso passa pela Inteligência Emocional, algo que muitas vezes é negligenciado por gestores, ou colegas, que simplesmente lavam as mãos e seguem adiante imaginando que as coisas serão diferentes.

Como aprimorar?

Aprender Inteligência Emocional é uma tarefa possível para aqueles dispostos a entenderem seus próprios sentimentos e emoções. Normalmente é uma característica herdada com o tempo por pessoas mais empáticas, contudo, embora possa ser difícil para alguns, é no mínimo um exercício saudável de autocompreensão.

O primeiro passo é buscar a reflexão e a auto observação quanto a situações e eventos que mudam seus sentimentos. Se você costuma se sentir abalado com algo, pense no que levou a isso exatamente, e reflita o máximo que conseguir. O entendimento pode levar você a se prevenir quanto a isso, e assim agir mais racionalmente. Essa prática precisa virar hábito, porque ao longo da carreira os profissionais encontram situações adversas que serão capazes de abalar suas estruturas, e estando consciente disso você é capaz de assumir o controle e agir com sabedoria.

Sendo capaz de entender a si próprio, o passo seguinte é começar a compreender os sentimentos de seus colegas. A empatia parte do pressuposto de que você é capaz de se colocar no lugar de outra pessoa e isso é extremamente importante para resolução de conflitos, além de identificar situações preocupantes. Se uma pessoa ao seu lado está enfrentando uma depressão, você sendo capaz de identificar que ela não está bem, pode prestar apoio para melhorar um pouco o seu dia.

No dia-a-dia você pode praticar sua Inteligência Emocional, seja em casa com sua família, com o porteiro, com o caixa de supermercado, com seu melhor amigo, entre outros. Procure perceber o estado emocional, e como seria a melhor forma de lidar com ela para melhorar seu dia. Muitas vezes o uso de algumas palavras podem ajudar alguém a se sentir melhor, ou desabafar sobre seu momento. Empatia é uma habilidade que se herda, mas, que também se adquire e se aprimora, contanto que você esteja aberto a entender antes de tudo a si, para depois entender o outro.

Com isso podemos entender não só sobre sua importância para a vida profissional, como para a vida. A Inteligência Emocional é uma das soft skill mais atreladas a maturidade, logo, é uma das mais requisitadas por profissionais gestores de equipes. Se você não assume a figura de gestão, ficará satisfeito em saber que os profissionais que a dominam costumam desenvolver papel de liderança com o tempo, que, por sua vez, é uma outra característica valorizada pelo mercado de trabalho.

Nós te ligamos

Deixe seus dados abaixo e aguarde nosso contato!